10 de Agosto de 2022

Deltan critica Lula e sinaliza apoio a Bolsonaro em eventual segundo turno

Ex-coordenador da Lava Jato e ex-procurador do Ministério Público Federal, Deltan Dallagnol (Podemos) utilizou as suas redes sociais nesta segunda-feira, 27, para responder a perguntas realizadas pelos seus seguidores. Um dos questionamentos foi um eventual apoio no segundo turno das eleições presidenciais aos líderes nas pesquisas de intenção de voto: Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL). Em sua resposta, Deltan afirma que uma eventual vitória petista – e seu retorno ao comando do Palácio do Planalto – seria ameaçadora” ao país. “Por mais que eu não goste de muitas atitudes do atual governo, simplesmente não há nada pior ou mais ameaçador para o futuro do Brasil do que o PT e o Lula voltarem para a cena do crime”, alegou.

Condenação anterior

Uma decisão do Superior Tribunal de Justiça, em março deste ano, condenou Dallagnol a pagar uma indenização ao ex-presidente sobre uma apresentação realizada em setembro de 2016 em que acusa Lula de comandar um esquema de corrupção. O ministro Luis Felipe Salomão, relator do caso, que Deltan utilizou o espaço para realizar afirmações contra o petista que extrapolavam o escopo da acusação. “É imprescindível, para a eficiente custódia dos direitos fundamentais, que a divulgação do oferecimento da denúncia se faça de forma precisa, coerente e fundamentada. Assim como a peça acusatória deve ser o espelho das investigações, sua divulgação deve ser o espelho de seu estrito teor”, disse.


Informações da Jovem Pan / Foto: Pedro de Oliveira/ALEP

Whatsapp

Ultimas notícias

Galeria

Bahia Farm Show apresenta exposição fotográfica sobre as belezas do Oeste da Bahia
Exposição aproximará startups agrícolas de investidores privados
Ver todas as galerias

Artigos