11 de Agosto de 2022

Denúncia contra Temer pode ser arquivada; diz colunista

Nem 342, nem 51: é de 257 deputados o quórum necessário para simplesmente arquivar a denúncia da Procuradoria Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer. Esta é a mais forte opção do governo para liquidar o caso da PGR, de acordo com o colunista do Metro Jornal.

 

Nem 342, nem 51: é de 257 deputados o quórum necessário para simplesmente arquivar a denúncia da Procuradoria Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer. Esta é a mais forte opção do governo para liquidar o caso da PGR, de acordo com o colunista do Metro Jornal.

O regimento prevê, segundo parlamentares governistas, que, em matéria com quórum qualificado, presentes no plenário metade mais um dos 513 deputados, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, pode abrir votação para arquivá-la, por ser impossível reunir os 342 votos exigidos pela Constituição. 

Deputados governistas apostam que, como aliado, Rodrigo Maia deverá mesmo abrir votação para arquivar a denúncia da PGR. 



Ainda de acordo com o colunista, Maia tem dito que o país já não suporta a indefinição sobre o futuro de Temer, por isso não deve criar obstáculos ao desfecho do caso nesta quarta-feira. 

As últimas estimativas do governo e da oposição indicam que nenhum dos lados consegue reunir 342 votos, na Câmara. Governo disse ter 282.

 

 

 

Fonte: Band

Whatsapp

Galeria

Bahia Farm Show apresenta exposição fotográfica sobre as belezas do Oeste da Bahia
Exposição aproximará startups agrícolas de investidores privados
Ver todas as galerias

Artigos