20 de Julho de 2024

ACM Neto critica Jerônimo por celebrar índices de violência na Bahia: 'Fico perplexo de ouvir essas palavras'

O vice-presidente do União Brasil e ex-prefeito de Salvador, ACM Neto, criticou as afirmações do governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues, nesta terça-feira (9), sobre a situação da segurança pública no estado.

Em um vídeo publicado nas redes sociais, Neto expressou perplexidade diante das declarações do governador, que, segundo ele, sugerem que a Bahia vive um "momento de celebração na segurança pública" com dados considerados animadores. "Depois de comparar a situação da segurança pública da Bahia com a situação da Europa, agora o governador Jerônimo Rodrigues tem a coragem de dizer que a Bahia vive um momento de celebração na segurança pública, que os dados são animadores", disse ACM Neto.

O ex-prefeito de Salvador destacou a contradição entre as afirmações do governador e a realidade vivida pelos baianos. "Será que você se sente realmente totalmente em paz, totalmente tranquilo no território baiano? Ou será que você, como eu, vem se deparando todos os dias com várias notícias que nos deixam preocupados, com medo e, é claro, entristecidos com o que acontece em nosso estado?" questionou.

O presidente da Fundação Índigo lembrou ainda que a Bahia é destaque negativo no recente Atlas da Violência, que apontou que sete das dez cidades mais violentas do Brasil estão no estado. "A Bahia que há pelo menos cinco anos ocupa o primeiro lugar no número de homicídios de todo o Brasil", frisou.

Neto também criticou a postura do governador em rebater suas críticas e questionar os dados apresentados. "Lamentavelmente, faz política ao invés de ter humildade para compreender a realidade do nosso estado, a gravidade da situação da segurança e tomar medidas", afirmou, sugerindo que o governador acompanhe mais a mídia para ter uma visão realista dos problemas enfrentados pela Bahia.

Ao final do vídeo, ACM Neto reforçou a necessidade de ação efetiva por parte do governo estadual para combater a violência, o tráfico de drogas e o crime organizado, problemas que, segundo ele, têm sido negligenciados nos últimos 18 anos de gestão do PT no estado. "Nós baianos queremos ação, queremos governo, nós baianos queremos atitude, coisa que infelizmente o governador Jerônimo Rodrigues não foi capaz, com mais de um ano e meio do seu governo, de tomar", concluiu.

Whatsapp

Galeria

Bahia Farm Show apresenta exposição fotográfica sobre as belezas do Oeste da Bahia
Exposição aproximará startups agrícolas de investidores privados
Ver todas as galerias

Artigos