20 de Julho de 2024

Em ato de posse, Cármen Lúcia 'esquece' de encerrar sessão

A ministra Cármen Lúcia, empossada nesta segunda-feira, 3, para assumir o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), acabou esquecendo de uma parte litúrgica da cerimônia solene e não encerrou o ato de posse, como acontece de praxe, em evento ministerial.

Sob aplausos, a magistrada encerrou a sua fala no púlpito e seguiu com os cumprimentos às autoridades presentes no ato. Ao saudar o presidente Lula (PT), que estava no centro do plenário da Corte, Lúcia posou para fotos e a sessão continuou em curso. Ao se dar conta da ação, ela pegou novamente o microfone e declarou encerrada a solenidade.

Em discurso de posse, a presidente do TSE, que assume a posição pela segunda vez, criticou o discurso de ódio disseminado nas redes sociais e prometeu acirrar o combate às fakes news no processo eleitoral.

"A mentira é um insulto à dignidade do ser humano, um obstáculo para o exercício pleno das liberdades. Um dos desafios contemporâneos e que ocupam parte da justiça para que não prospere. É um desaforo tirânico contra a dignidade das democracias", disse.

Whatsapp

Galeria

Bahia Farm Show apresenta exposição fotográfica sobre as belezas do Oeste da Bahia
Exposição aproximará startups agrícolas de investidores privados
Ver todas as galerias

Artigos