05 de Julho de 2022

Prefeitura promove campanha de automasturbação feminina e gera polêmica

Uma campanha municipal está dando o que falar na Colômbia. A Prefeitura de Medellín, capital do país, tem recomendado a pratica da automasturbação feminina: “Para o mau humor, faça amor consigo mesmo”. A Secretaria de Juventude tem publicado nas redes sociais ilustrações com a imagem de uma mulher se masturbando. “O orgasmo libera endorfinas, serotonina e ocitocina: hormônios da felicidade que podem transformar um dia ruim em um para não esquecer. Dedique-se a este momento íntimo!”, diz a legenda de uma das publicações. Usada para evidenciar os benefícios dessa prática sexual na saúde física e mental, a campanha tem causada uma verdadeira polêmica nas redes sociais, entre defensores e contrários as publicações Essas não deveriam ser políticas da principal autoridade de uma cidade.

É vergonhoso”, disse um usuário. “Falar de saúde pública e saúde sexual sem rodeios nem tabus. Muito boa a campanha”, declarou outro internauta. Vale lembrar que a Colômbia é um país com raízes conservadoras e majoritariamente católico. O objetivo das peças é “reconhecer” a masturbação como “uma prática humana que é natural, evolutiva, histórica” e “normal”, “porque muitos jovens sofrem com penalizações e moralismos” em torno do tema, explicou o secretário de Juventude de Medellín, Santiago Bedoya A analista de saúde sexual e reprodutiva da Universidade de Rosário, Para Maria Camila Torres, acredita que a campanha é “pertinente e necessária” para “educar em uma cultura tão conservadora, católica e machista”. Porém, a Prefeitura foi “infeliz” ao associar o “mau humor das mulheres com a falta de relações sexuais ou de autoestimulação”.

 

 

 

 

Bnews

Whatsapp

Galeria

Bahia Farm Show apresenta exposição fotográfica sobre as belezas do Oeste da Bahia
Exposição aproximará startups agrícolas de investidores privados
Ver todas as galerias

Artigos