11 de Agosto de 2022

Após saída de Masi, Hamilton deseja que F1 divulgue investigação sobre GP de Abu Dhabi

Oito vezes campeão mundial, o britânico Lewis Hamilton acredita que a Federação Internacional do Automobilismo (FIA) deve tornar pública a investigação sobre o GP de Abu Dhabi em 2021, que terminou com o título do holandês Max Verstappen. Recentemente, a entidade demitiu o diretor de provas Michael Masi, responsável por tomar a decisão de reiniciar a corrida na última volta, após o safety car Eu ainda não vi, mas estou animado para ver os resultados desse relatório. Espero que todos possam vê-lo e talvez ter uma melhor compreensão de tudo.

Em última análise, isso é importante para entendermos onde estamos, para que possamos seguir em frente e de uma forma positiva", afirmou Hamilton. Os resultados devem ser divulgados no dia 18 de março, quando começa a temporada 2022, com o GP do Bahrein. O presidente recém-eleito da FIA, Mohamed Ben Sulayem, tem analisado o relatório e consultado pilotos e equipes da F1, de acordo com o site ge.globo.

A categoria também definiu, além da saída de Masi, a adoção de uma sala virtual de controle de corrida do lado de fora dos circuitos, como se fosse um VAR, do futebol.

 

 

Brasil Notícias

Whatsapp

Galeria

Bahia Farm Show apresenta exposição fotográfica sobre as belezas do Oeste da Bahia
Exposição aproximará startups agrícolas de investidores privados
Ver todas as galerias

Artigos