12 de Abril de 2024

Mutirão de limpeza e assistência à saúde marca operação do Governo no combate à Dengue no Sudoeste baiano

Mais de 100 profissionais das forças de saúde, resgate e segurança do Governo do Estado atuaram no mutirão de limpeza e assistência à saúde que ocorreu nesta terça-feira (20) nos municípios de Jacaraci e Piripá, no Sudoeste baiano, ambos em situação de epidemia de Dengue. Com o apoio dos agentes municipais de combate às endemias, bombeiros militares munidos de bombas costais percorreram ruas e casas, enquanto as equipes da vigilância epidemiológica estadual faziam a entrega de medicamentos, insumos e equipamentos para auxiliar a prefeitura na assistência aos pacientes.

A ação coordenada entre Estado e Município tem o objetivo de exterminar os focos do mosquito aedes aegypti, que é vetor de transmissão da Dengue, Zika e Chikungunya, através da eliminação de água parada e aplicação de larvicida em locais críticos.

De acordo com a secretária da Saúde da Bahia, Roberta Santana, "a iniciativa reflete o compromisso do Governo do Estado em proteger a saúde pública e demonstra a importância da ação conjunta entre diferentes entes públicos e a comunidade para enfrentar situações de alerta", afirmou. Segundo a titular da Sesab, além das ações imediatas de limpeza e assistência à saúde, o mutirão serve também como um chamado à conscientização sobre a importância da prevenção contra a Dengue, reforçando a necessidade de práticas cotidianas que evitem a proliferação do mosquito.

"O governador deu o comando na reunião de alinhamento e, prontamente, nos mobilizamos e estamos aqui para ajudar a Secretaria de Saúde nessa ação. Temos que ajudar o município a combater a dengue e fazer com que volte à normalidade o mais rápido possível", afirmou o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBM), coronel Adson Marchesini. Ainda segundo o coronel, após o treinamento, com caminhonetes e equipamentos adequados, será feita uma varredura na cidade para acabar com os focos.

Moradores de Jacaraci e Piripá estão sendo incentivados a continuar diariamente com as práticas de prevenção, eliminando a água acumulada em pneus, vasilhames, garrafas, bem como utilizar repelentes e instalar telas em janelas e portas a fim de manter os mosquitos afastados e evitar novos casos da doença.

Dados

A Bahia registrou de 1º de janeiro a 17 de fevereiro de 2024, 8.674 casos de Dengue, um incremento de 21,7% no comparativo com o mesmo período do ano passado. Atualmente, a Bahia tem três óbitos confirmados, sendo dois residentes de Jacaraci e um de Piripá.

Atualmente, 38 municípios se encontram em epidemia. São eles: Anagé, Barra do Choça, Barra do Mendes, Barro Alto, Belo Campo, Bonito, Brejões, Canarana, Caturama, Condeúba, Encruzilhada, Feira da Mata, Ibiassucê, Ibicoara, Ibipitanga, Ibitiara, Igaporã, Ipiaú, Iramaia, Irecê, Iuiú, Jaborandi, Jacaraci, Lajedão, Macaúbas, Manoel Vitorino, Matina, Morro do Chapéu, Mortugaba, Mucugê, Novo Horizonte, Piripá, Presidente Jânio Quadros, Quixabeira, Serrolândia, Tanque Novo, Uruçuca e Vitória da Conquista. Outras 19 localidades são consideradas áreas de alerta.



Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Whatsapp

Galeria

Bahia Farm Show apresenta exposição fotográfica sobre as belezas do Oeste da Bahia
Exposição aproximará startups agrícolas de investidores privados
Ver todas as galerias

Artigos