17 de Setembro de 2019

Barradão tem água cortada e Paulo Carneiro diz: 'Temos poço'

Foto: Reprodução

Em áudio que circula no WhatsApp, o presidente do Vitória, Paulo Carneiro, minimizou o corte de água feito pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) no Barradão, por falta de pagamento. Segundo o mandatário do clube, uma das primeiras providências da sua nova gestão foi a construção de um poço artesiano.

"Apenas para que o torcedor do Vitória fique atento, nessa campanha sórdida que tentam fazer contra o clube, avisar que estão divulgando aí que a Embasa cortou a água do Vitória. Quero dizer a vocês que uma das primeiras providências que estamos tomando aqui era fazer um entroncamento porque temos um poço artesiano com vazão suficiente para atender. Hoje nós temos 400 mil litros de água de reserva. Portanto, não precisamos da água da Embasa. No momento certo procuraremos a Embasa para negociar o consumo de água antes da nossa chegada, que chegou a 80 mil [litros] por mês", afirmou Carneiro. "Hoje o Vitória não precisa mais da Embasa, temos bomba suficiente e toda a circulação de água está entroncada em todos os compartimentos do clube. Isso já é para evitar a conversinha fiada dos vagabundos. E essa notícia saiu da própria Embasa, viu? Então os senhores já sabem que os vagabundos estão na Embasa também. São vagabundos da Embasa. E que aqui no Vitória não entram mais", completou.

O diretor jurídico Dilson Júnior afirmou que o clube irá honrar o pagamento.

O Vitória entra em campo na noite desta quarta, a partir das 19h15, para encarar o América-MG, justamente no Barradão, pela 17ª rodada da Série B do Brasileiro. O Leão ocupa a 16ª colocação com 17 pontos.

 

 

Whatsapp

Galeria

Barcelona finaliza contratação de Neymar, diz TV
Imagens de 'close' inédito da Grande Mancha Vermelha de Júpiter
FOTOS HISTÓRICAS QUE VOCÊ PROVAVELMENTE NUNCA VIU
Ver todas as galerias

Artigos