14 de Novembro de 2018

Gabrielli recorre contra bloqueio por suposto sobrepreço de R$ 960 mi em refinaria

O ex-presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, pediu novamente ao Supremo Tribunal Federal para derrubar a decisão do Tribunal de Contas da União que determinou o bloqueio de seus bens, segundo o jornal Estado de São Paulo.

 

O ex-presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, pediu novamente ao Supremo Tribunal Federal para derrubar a decisão do Tribunal de Contas da União que determinou o bloqueio de seus bens, segundo o jornal Estado de São Paulo.

Os ministros do TCU determinaram o confisco pelo prazo de um ano no processo que envolve o superfaturamento de R$ 960 milhões em obras na Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco.

Além de Gabrielli, que hoje coordena a campanha presidencial de Fernando Haddad (PT), o ex-diretor da Petrobras, Renato Duque; o falecido empreiteiro da Queiroz Galvão, Idelfonso Colares; Valdir Lima Carreiro, da Iesa são alvos da cautelar. 

 

Fonte: Metro1

Whatsapp

Galeria

Imagens de 'close' inédito da Grande Mancha Vermelha de Júpiter
FOTOS HISTÓRICAS QUE VOCÊ PROVAVELMENTE NUNCA VIU
Apresentações e treinos no Vitória
Ver todas as galerias

Artigos