16 de Julho de 2018

Google vai ter que indenizar ator Rômulo Neto em R$ 10 mil por vídeo íntimo vazado

 

O Google Brasil terá que indenizar o ator Rômulo Arantes Neto em R$ 10 mil. A decisão foi da 19ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro em ação movida pelo ator.

 

O Google Brasil terá que indenizar o ator Rômulo Arantes Neto em R$ 10 mil. A decisão foi da 19ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro em ação movida pelo ator.


Rômulo pedia que o provedor retirasse da rede, em 24h, um vídeo íntimo gravado em local privado, em 2011, e que foi captado clandestinamente por terceiro que o publicou na internet.

O desembargador Ferdinaldo Nascimento manteve o valor da indenização e rejeitou o embargo de declaração proposto pelo Google, que seria o pedido de esclarecimento de alguns pontos da decisão judicial.

Entenda

Um vídeo do ator Rômulo Arantes Neto vazou na internet, em novembro de 2011, com supostas cenas íntimas do rapaz, por webcam. Em certo momento, o vídeo sofre um corte, e um rapaz aparece da cintura pra baixo totalmente nu, e continua na conversa exibindo as partes íntimas. Não é possível afirmar se quem aparece nu é o ator, mas o cenário, que tem um armário ao fundo, parece ser o mesmo das cenas com o rosto de Rômulo.

 

 

Fonte: Varela Notícias

Whatsapp

Ultimas notícias

Galeria

Imagens de 'close' inédito da Grande Mancha Vermelha de Júpiter
FOTOS HISTÓRICAS QUE VOCÊ PROVAVELMENTE NUNCA VIU
Apresentações e treinos no Vitória
Ver todas as galerias

Artigos