12 de Abril de 2024

Sete estados decretam emergência devido à alta transmissão da dengue No Brasil

O Ministério da Saúde alerta para uma potencial crise de dengue no Brasil em 2024, com projeções indicando até 4,2 milhões de casos da doença, quase o triplo do registrado no ano anterior, que contabilizou cerca de 1,6 milhão de casos. Sete estados brasileiros já decretaram estado de emergência devido à alta taxa de transmissão, conforme dados do Centro de Operações de Emergências do governo federal.

Santa Catarina, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Distrito Federal e Acre são os estados que enfrentam a emergência epidemiológica devido à disseminação do vírus da dengue, figurando entre as regiões com maior incidência da doença no país, segundo o Painel de Monitoramento das Arboviroses do Ministério da Saúde.

Os números atualizados apontam para 762.542 casos prováveis e 151 mortes em todo o país, conforme o Painel de Monitoramento das Arboviroses desta sexta-feira (23). As projeções do Ministério da Saúde indicam uma escalada para 4,2 milhões de casos em 2024, no cenário mais pessimista, embora ainda haja incertezas sobre o pico da circulação do vírus.

Nos últimos dois anos, o Brasil também enfrentou um aumento significativo no número de óbitos, com registros de 1.053 mortes em 2022 e 1.094 em 2023, ultrapassando pela primeira vez na série histórica (2000-2023) a marca de mil óbitos.

O estado de São Paulo já contabiliza 92,6 mil casos confirmados de dengue neste início de 2024, conforme dados divulgados pela Secretaria Estadual da Saúde (SES) neste sábado (24), representando o dobro do registrado no mesmo período do ano anterior, com cerca de 45 mil casos. Somente nos últimos 10 dias, o estado registrou mais de 41,4 mil casos da doença.

 

Informações da Gazeta Brasil / Foto: Divulgação

Whatsapp

Galeria

Bahia Farm Show apresenta exposição fotográfica sobre as belezas do Oeste da Bahia
Exposição aproximará startups agrícolas de investidores privados
Ver todas as galerias

Artigos