19 de Setembro de 2021

Randolfe diz que Tolentino possui 6 CPFs inscritos na Receita Federal em sessão da CPI da Pandemia

O vice-presidente da CPI da Pandemia, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), disse na sessão desta terça-feira (14), que o advogado Marcos Tolentino é inscrito em seis Cadastros de Pessoa Física (CPFs) na Receita Federal, dois deles sendo regulares. O advogado é apontado como sócio oculto do FIB Bank, empresa que ofereceu a garantia para a Precisa Medicamentos na venda da vacina indiana Covaxin ao Ministério da Saúde.

Segundo o Metrópoles, Randolfe Rodrigues questionou o motivo de Tolentino possuir quatro “CPFs cancelados na Receita Federal”. “E algo curioso: 84 e 05 [números finais dos CPFs] estão como regulares. Ninguém pode ter dois CPFs”, declarou o senador. Tolentino, por sua vez, afirmou que não possui dois CPFs e o senador rebateu: “Então, a Receita Federal está agindo de má-fé?.

Em resposta, o advogado disse que permaneceria em silêncio. A CPI da Covid já tentou ouvir Tolentino em outra ocasião, no dia 1° deste mês de setembro, mas a defesa do advogado enviou um atestado médico para alegar que ele não poderia comparecer à sessão por problemas de saúde. Ainda no depoimento desta terça (14), Tolentino negou que seja sócio oculto do FIB Bank.

"Não possuo qualquer participação na sociedade, não sou sócio da empresa", afirmou Tolentino, que prestou juramento de dizer a verdade antes de sua fala e compareceu para a oitiva acompanhado de médicos, por se recuperar de sequelas da Covid-19.

Whatsapp

Galeria

Barcelona finaliza contratação de Neymar, diz TV
Imagens de 'close' inédito da Grande Mancha Vermelha de Júpiter
FOTOS HISTÓRICAS QUE VOCÊ PROVAVELMENTE NUNCA VIU
Ver todas as galerias

Artigos